6 dicas para reduzir custos no setor de logística

6-dicas-para-reduzir-custos-no-setor-de-logistica
6 minutos para ler

Reduzir custos de logística está entre os grandes desafios enfrentados por um gerente dessa área. Afinal, cortar gastos sem afetar a produtividade do setor nem sempre é uma tarefa simples de ser executada.

Quem trabalha com logística sabe o quanto os processos são dinâmicos e que erros podem ser fatais para a empresa. Por isso, a redução de custos deve ser devidamente planejada e colocada em prática com cautela e estratégia.

Diante disso, no post de hoje você terá acesso a dicas importantes para reduzir custos sem que isso afete a qualidade e a agilidade dos seus serviços logísticos. Confira e descubra como isso é possível!

Reduzir custos de logística: entenda por que isso é tão importante

O mercado atual tem uma característica marcante e bem interessante. A crise econômica acirrou ainda mais a disputa pela preferência do consumidor, que está mais seletivo e exigente ao fechar negócios.

Então, de modo geral, é possível perceber que as empresas contemporâneas não podem se contentar em oferecer “mais do mesmo”. Pelo contrário: conquistar a fidelidade de um cliente exige inovação e estratégias inteligentes.

A logística é uma das áreas que mais se destacam nessa nova fase, principalmente porque os processos de transporte e entrega de mercadorias são fundamentais para a satisfação da clientela. Entretanto, se as empresas não forem inteligentes, elas podem consumir boa parte do orçamento, comprometendo seus rendimentos e sua competitividade.

Desse modo, reduzir custos em logística é bem mais que uma simples estratégia. Essa atitude pode ser apontada como uma necessidade real dos negócios que desejam se destacar em meio a tantos concorrentes.

Conheça 6 dicas para redução de custos no setor de logística

Apesar da importância dos métodos que reduzem os gastos em logística, é preciso enfatizar que isso não pode ser feito de qualquer maneira. Ou seja, todo corte de gastos deve ser precedido de planejamento.

Para que você aplique esse método com segurança e obtenha os resultados esperados, reunimos 6 dicas importantes e fáceis de serem implementadas em seu cotidiano. Portanto, continue atento e saiba mais a seguir:

1. Invista em automação de processos

Pode parecer contraditório falar em investimentos quando o foco é reduzir custos logísticos. No entanto, apostar em tecnologia e automação de processos é uma maneira inteligente de reduzir gastos.

Lembre-se de que o investimento inicial necessário para a compra de softwares e demais ferramentas e recursos tecnológicos é compensado a longo prazo. Seu negócio se tornará muito mais eficiente e seguro, livre de falhas humanas e processos lentos.

É importante mencionar que a automação pode envolver tarefas administrativas e também operacionais. Com isso, você adotará uma execução de atividades padronizada, o que implica em um ritmo contínuo e ágil do trabalho.

2. Reorganize os seus processos logísticos

Por mais eficiente que você possa ser na função de gerente logístico, é possível que existam processos que ainda necessitem de intervenção para se tornarem mais eficientes. Por isso, a segunda dica é reorganizar seus processos logísticos.

Estude todo o funcionamento do setor, avalie os resultados, conheça os métodos e os funcionários responsáveis por tarefa e, então, reorganize tudo para que seja possível obter uma logística de excelência.

3. Estabeleça metas desafiadoras

Reduzir custos não é uma tarefa simples, mas é imprescindível para o sucesso de um empreendimento. Por isso, é necessário que os gerentes logísticos tracem metas de redução de gastos.

No entanto, fique atento. O segredo para uma correta gestão de gastos está no equilíbrio entre as metas de redução e os limites aos quais a empresa está submetida. Ou seja, saiba traçar metas e limites desafiadores, mas possíveis de serem alcançados — caso contrário, a qualidade do serviço pode ser afetada.

4. Contrate uma empresa especializada

Buscar a ajuda de uma empresa especializada não significa que você não tem capacidade para lidar com os processos logísticos. Ao contrário: essa é uma das maneiras mais inteligentes de reduzir gastos e ainda aumentar a produtividade do setor.

A profissionalização que essa parceria pode fornecer à sua empresa é um grande diferencial competitivo e permite que o gerente logístico se dedique a questões mais críticas de seu setor. Assim, obter auxílio com a estocagem e a armazenagem, por exemplo, além de reduzir gastos com falhas e retrabalhos, proporcionará tranquilidade para gerir e coordenar seus colaboradores.

5. Implemente e acompanhe bons indicadores de desempenho

Monitorar os resultados é fundamental no processo de redução de gastos em logística. Afinal, somente com o acompanhamento e a mensuração das estratégias aplicadas é que se consegue aperfeiçoar processos que ainda não atingiram o seu objetivo.

Nesse sentido, é interessante que o gerente logístico implemente alguns indicadores de desempenho e saiba acompanhá-los adequadamente. Por outro lado, vale frisar que nem todos indicadores podem ser aplicados — o gestor deve focar naqueles que facilitam o corte de gastos no setor, como:

  • custo médio por viagem;
  • consumo médio de combustível por km rodado;
  • índice de depreciação dos veículos de carga;
  • nível médio de estoque;
  • número de pedidos atendidos;
  • lead time do pedido.

6. Reduza a ociosidade no setor

A ociosidade é um grande problema no setor de logística, representando prejuízos financeiros e atrasos em toda a cadeia logística. Ter um veículo parado ou uma equipe logística ociosa é um erro que precisa ser evitado e, via de regra, está associado à falta de planejamento e falhas na gestão de pessoas e da própria frota.

Desse modo, é imprescindível que se dê uma atenção especial ao planejamento de atividades do setor, bem como de rotas, manutenções e reparos nos veículos. Trabalhe para que a ociosidade seja reduzida e para que a empresa atue em sua máxima performance.

Como mencionamos, a missão de reduzir custos de logística é uma das mais importantes confiadas ao gerente logístico. Afinal, é preciso muita cautela e estudo para cortar gastos. No entanto, quando essa estratégia é bem executada, a empresa desfruta de resultados extremamente benéficos à sua competitividade e saúde financeira.

Aproveite todas as dicas apresentadas neste material e comece a colocá-las em prática agora mesmo! Para aprender um pouco mais e tornar-se um gerente logístico de sucesso, não deixe de conferir nossas dicas para realizar uma boa gestão de custos logísticos!

Você também pode gostar
-
Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter

Receba conteúdos exclusivos e gratuitos sobre Logística e Sistemas de Armazenagem

Obrigado por se inscrever!