Armazenagem e logística: saiba aqui como elas se relacionam!

armazenagem e logística
6 minutos para ler

Por mais que essa construção seja ignorada muitas vezes entre os profissionais que circulam dentro do próprio setor logístico, armazenagem e logística andam juntos e configuram um verdadeiro modo estratégico para a obtenção de resultados.

O processo logístico depende da armazenagem para que a produção não seja feita sob demanda o tempo todo. Você já parou para imaginar como seria difícil trabalhar com boa produtividade, oferecendo a demanda do cliente no tempo certo, mas sem contar com a gestão do armazém?

Oportunidades desperdiçadas, furos no fluxo logístico e baixa qualidade de entrega são algumas das consequências do desabastecimento. Se quiser entender melhor sobre essa ligação entre armazenagem e logística, continue lendo este artigo e saiba o que evitar.

Entendendo a importância da qualidade na armazenagem

Como começamos a abordar na introdução, a armazenagem é um processo fundamental dentro da logística de uma empresa. Podemos enquadrar nesse tipo serviço a gestão do estoque e a distribuição de produtos acabados, seja dentro da fábrica ou em outro local.

Antigamente, o armazém tinha uma função básica de almoxarifado. Ele servia apenas como depósito de materiais e equipamentos. No entanto, o tempo passou e os administradores passaram a enxergar essa parte com olhos mais estratégicos.

Dessa forma, o serviço de armazenagem passou a ser percebido como um setor capaz de trazer rendimento, sendo integrado até mesmo a outros setores como o marketing, financeiro e comercial.

Tudo isso aconteceu (e está acontecendo) porque a visão da gestão descobriu nos armazéns a possibilidade de trabalhar o fluxo de materiais, despertando o conceito ligado à palavra “controle”.

Ao assumir o controle nas atividades logísticas, é possível estudar e estruturar tarefas como:

  • a proteção de materiais;
  • entrada e saída de produtos;
  • controle de estoque;
  • distribuição;
  • controle de demanda;
  • capacidade de produção.

Assim, as chances de aumento do lucro cresceram na medida em que o espaço para simples estoque de produtos passou a ser um setor essencial para a customização de todas as atividades da organização.

Garantindo a qualidade na armazenagem

Repensando o controle logístico

Uma instituição que trabalha com um espaço de armazenagem é completamente diferente de um empreendimento que só faça a intermediação de vendas. Quando uma empresa armazena um produto, é ela que detém o controle sobre a determinada mercadoria.

É por isso que, ao pensarmos na qualidade da armazenagem, é inevitável refletir sobre a capacidade de controle logístico das operações. Afinal, sem um bom monitoramento da movimentação do produto no armazém, fica impossível garantir a qualidade.

Um bom gestor precisa saber, precisamente, tudo o que está disponível em estoque ou não. Somente de posse de informações verídicas e bem controladas ele poderá assegurar que o produto chegue às mãos do cliente final no prazo certo e em segurança.

Colhendo bons resultados

Quando armazenagem e logísticas se entendem como peças bem encaixadas no cenário empresarial, a satisfação do consumidor é uma das melhores vantagens, se não a melhor.

ebook - logística empresarial guia completoPowered by Rock Convert

Qualidade, armazenagem e logística representam um trio que maximiza a satisfação do consumidor por diversos motivos. A proteção dos itens, bom acondicionamento e cuidado com a preservação da integridade dos produtos exemplificam razões para o feedback positivo.

Sem falar que, quanto menor for o custo do uso de espaço, mais competitivos os preços podem se tornar, e mais o produto cresce em valor agregado. A logística mais eficiente e precisa abre caminho para a velocidade e flexibilidade de entrega, além do atendimento a necessidades específicas.

Percebe como uma armazenagem bem-feita é capaz de proporcionar um efeito em cadeia que influencia e fideliza o cliente final?

Relacionando armazenagem e logística de forma prática no cotidiano de trabalho

Redução da contaminação e da deterioração

Tanto a contaminação quanto a deterioração entre os itens em estoque são uma realidade quando a armazenagem não recebe uma atenção que condiz com a sua importância.

Um exemplo prático é que quando o processo é feito com segurança, ele impede a entrada de agentes contaminantes (de microrganismos a roedores). A proteção de acordo com a temperatura também é outro fator importante. Muito calor ou muito frio podem influenciar a característica das mercadorias. Cuidados com incidência solar e umidade poderão evitar prejuízos por conta de produtos inaptos para a venda.

Disponibilidade em estoque

A disponibilidade dos produtos para a venda também é um ponto relevante e diretamente ligado à satisfação do cliente. Se a armazenagem não atua com prontidão, há grandes chances de a empresa notificar que o produto está inapto para entrega (ou até mesmo em falta).

Descobrir que um item deve ser reposto por não poder ser vendido no momento em que o cliente já efetuou o pagamento é uma situação que pode prejudicar a imagem da sua empresa. Ao manter a qualidade e controle dos itens, a empresa ganha em agilidade logística, separando e despachando o produto assim que o pedido é confirmado.

Economia de espaço

Uma armazenagem bem estruturada e planejada também é sinônimo de economia de espaço. O layout do armazém tem a ver com o aproveitamento do local em prol de melhores resultados, gerando sempre mais espaço para mais itens.

Além da capacidade, que por si só já é uma grande vantagem, a economia de espaço evita o deslocamento do estoque para outra área, descentralizando a armazenagem de maneira forçada e representando custo extra e dificuldade de entrega.

Redução de custos

Por último, mas não menos importante, a redução de custos também pode ser listada como uma consequência prática do cuidado na gestão do armazém dentro do setor logístico. A logística eficiente já é naturalmente mais lucrativa, afinal, um produto entregue em menos tempo possibilita o atendimento de mais clientes, gerando mais faturamento. Isso sem falar da fidelização da clientela.

Essa diminuição vem de diferentes lados. A redução de desperdícios com a maior proteção de itens é uma fonte de redução. Além de todo o cuidado com a sustentabilidade na armazenagem, a economia de espaço desonera o setor quanto à manutenção do local, tornando desnecessária a busca por espaço maior e mais caro.

Como você deve ter visto neste artigo, armazenagem e logística tem tudo a ver uma com a outra. Além disso, a qualidade dos processos ajuda a transformar essa união em uma trinca que eleva os resultados da empresa, funcionando como uma vantagem competitiva.

Quer continuar adquirindo mais conhecimento sobre armazenagem e logística? Então confira nosso artigo sobre os diferentes serviços de armazenagem e descubra qual é a melhor opção para a sua empresa.

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-