Descubra as vantagens da automação de processos logísticos!

automação de processos logísticos
6 minutos para ler

Não há a menor dúvida de que o mercado logístico se tornou mais exigente e competitivo, acompanhando a evolução da indústria no mundo inteiro. As empresas têm olhado para a automação de processos com a esperança de encontrar soluções inteligentes e capazes de aprimorar a performance.

Conforme o mercado brasileiro migra da operação manual para alternativas modernas, a busca por confiabilidade, sustentabilidade e todas as exigências mercadológicas exige conhecimento para que as consequências sejam positivas.

Neste artigo abordaremos as vantagens herdadas com esse investimento, além dos cuidados e ramificações de negócio! Continue acompanhando!

O que é a automação de processos logísticos?

Como o nome já sugere, a automação logística é a adoção de sistemas e ferramentas capazes de transformar os mecanismos manuais em procedimentos automatizados.

Os benefícios proporcionados pela automação de processos logísticos são capazes de revolucionar a situação de uma instituição.

Qual a importância da automação na logística?

Dentre as vantagens que esse processo pode trazer para uma corporação, podemos citar os principais. Confira!

Maior controle dos processos

O controle informatizado possibilita mais organização em todos os níveis da empresa. Por meio da instalação de um software adequado, é possível mapear os procedimentos internos e integrar todas as partes do setor.

Além disso, a padronização é também observada como um ganho valioso ao simplificar a rotina dos profissionais, permitindo rapidez na correção de inconsistências.

Redução de falhas

Com os mecanismos automatizados, o erro humano é diminuído com significância. Esse fator colabora para o aumento da satisfação do cliente final, influenciando na competitividade da empresa.

Regimes manuais e burocráticos passam a ser substituídos pelo poder da tecnologia, por meio de sistemas computadorizados.

Diminuição de custos

Uma das razões que mais atrai os empresários para essa alternativa é a chance real de reduzir despesas. A logística é uma das vias da empresa que mais gera gastos, portanto, um sistema capaz de reduzir custos logísticos será sempre bem-vindo.

A identificação prematura de falhas ajuda a poupar prejuízos. Além da eficácia proporcionada pela tecnologia, as soluções automatizadas eliminam o peso financeiro dos recursos humanos, facilitando a folha de pagamento e cortando gastos com treinamentos, entre outros.

Centralização da informação

As plataformas automatizadas de gestão costumam prezar por módulos integrados. Essa capacidade de manter as informações centralizadas pode ser muito vantajosa para as instituições, uma vez que os colaboradores passam a ter uma visão mais ampla, rápido acesso aos dados e as etapas distintas convergindo em uma central.

Embasamento para a tomada de decisão

A capacidade de subsidiar a tomada de decisão de maneira mais confiável é também uma característica forte oferecida pela automação de processos.

Essa vantagem é ressaltada por meio dos relatórios operacionais desenvolvidos pelos sistemas de gestão, evitando até mesmo o tempo desperdiçado com a criação de planilhas e cruzamento de informações.

Quando os dados sobre os modos internos da empresa podem ser analisados com precisão, os líderes passam a desfrutar de um suporte fortalecido para decidir sobre os ajustes necessários nas atividades do negócio.

ebook - logística empresarial guia completoPowered by Rock Convert

Como o conceito de Indústria 4.0 contribui para automação?

A Indústria 4.0 é uma ideia ainda recente no mercado global. Trata-se de englobar as inovações tecnológicas mais relevantes dos campos de automação, controle e TI e aplicá-las aos processos de manufatura.

Com as fábricas inteligentes, é possível visualizar um novo horizonte no contexto das revoluções industriais empurrado por transformações na fabricação.

Os sistemas de produção inteligente, que estão para vir à tona nos anos seguintes, podem ser desenvolvidos por meio de alguns princípios. São eles:

  • operação em tempo real;
  • virtualização;
  • descentralização;
  • orientação a serviços;
  • modularidade.

Em geral, a partir de novos sistemas de integração, a produção pode ganhar mais eficiência, autonomia e abertura para a customização. O impacto é muito promissor e poderá ser sentido em diversos segmentos.

Como a automação influencia os sistemas de armazenagem?

Agora que já falamos sobre as vantagens generalizadas da automação de processos logísticos e dos impactos desse movimento na indústria do futuro, usaremos alguns parágrafos para comentar sobre essa tendência, um ponto essencial na cadeia de suprimentos: os sistemas de armazenagem.

Para começar, vale a pena considerar que eles não ficam nem um pouco distantes da inovação. Na verdade, os sistemas de armazenagem automatizados são essenciais para o crescimento da produtividade.

O mercado logístico no Brasil tem sido rapidamente influenciado pelas tendências do exterior, sendo carregado de inovação e novas experiências. Assim, se uma empresa quer competir em condições de igualdade nesse ambiente que exige entregas rápidas e sem falhas, a automatização é o caminho principal para a solução.

Antigamente, esse tipo de investimento era voltado apenas para as distribuidoras gigantes. Hoje, a realidade é outra. Os projetos de modernização nessa área se tornam a cada dia mais possíveis para instituições de diferentes portes e segmentos, desde que necessitem manter a gestão de seus estoques para produção e expedição.

Nesse sentido, existe uma grande inclinação para soluções compactadas e integradas com o picking. As estruturas ficam cada vez mais verticalizadas e apoiadas por dispositivos automáticos que facilitam a movimentação de materiais.

Por sua vez, esses dispositivos instalados conversam com o setor de separação de pedidos, concedendo uma reposição automática da linha de picking. Com isso, os custos da operação podem cair e eficácia do Centro de Distribuição tendem a aumentar.

Apesar da esperança de um presente e futuro modernizados, o mercado no Brasil ainda enfrenta entraves como a falta de profissionais com conhecimento em sistemas inovadores. Essa realidade acaba conduzindo os gestores para a tomada de decisões ineficientes, colhendo resultados aquém das expectativas.

Além disso, trata-se de uma decisão que precisa superar uma barreira cultural, erguida pelos principais diretivos das companhias que encaram o sistema automático como uma ferramenta para o engessamento das técnicas.

Esse pensamento antigo ainda precisa mudar, já que as ferramentas automáticas só tendem a elevar o rendimento da gestão do armazém e fazer com que as vendas externas subam mediante as melhorias nas entregas.

A logística se tornou um dos setores mais importantes das empresas, concentrando processos dotados de potencial para elevar o diferencial da imagem corporativa.

Entretanto, para que todos os resultados prometidos sejam vivenciados, é necessário contar com ferramentas que melhorem o rendimento. E é aí que surge a sistematização apoiada pelo que há de mais moderno e seguro no mercado.

Se você gostou de saber mais sobre a automação de processos na logística, confira nosso artigo sobre os cuidados exigidos para o bom armazenamento de medicamentos!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-
Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter

Receba conteúdos exclusivos e gratuitos sobre Logística e Sistemas de Armazenagem

Obrigado por se inscrever!