Saiba como otimizar sua gestão de produção e gerar mais resultados

gestão de produção: saiba como otimizar
6 minutos para ler

Devida à alta competitividade do mercado, a tendência é que as empresas busquem repensar seus processos e se renovar continuamente. No entanto, apesar da tecnologia e suas inovações, muitos gerentes ainda têm dúvidas sobre como aprimorar a gestão de produção, ter um processo e uma equipe mais eficientes e obter mais lucros.

Na indústria, qualquer descompasso nas etapas produtivas pode comprometer os resultados e gerar desperdícios que afetam o bom uso dos recursos, entre outros problemas que atrapalham a fluidez das rotinas de trabalho.

Pensando nisso, preparamos este post com dicas e boas práticas para ajudar você a gerenciar com mais ordem e eficiência suas atividades e ter um negócio mais sustentável, dinâmico e bem-sucedido. Acompanhe e saiba mais!

Esclareça as responsabilidades e as metas da sua gestão de produção

O primeiro passo que deve ser dado para a otimização da gestão de produção é a definição de objetivos. Isso é importante porque sem um direcionamento claro é difícil entender onde a empresa quer chegar e como alcançar resultados mais expressivos.

Por isso, antes de tudo, o ideal é que o gestor estude com atenção quais são as atribuições, demandas e metas do setor. Com essas informações em mente, fica mais simples elaborar estratégias para elevar os índices de produtividade e reduzir erros e desperdícios, por exemplo.

Ao mesmo tempo, esse diagnóstico serve para que o gerente entenda o que é necessário para alavancar o negócio, como a adoção de tecnologia ou capacitação da equipe. No mais, é sempre importante sublinhar que boas metas precisam ser:

  • claras;
  • facilmente compreendidas;
  • adequadas em relação aos prazos e à capacidade da equipe e da infraestrutura disponível;
  • compartilhadas com todos os envolvidos na produção.

Mapeie processos

Em seguida, outra iniciativa essencial é a avaliação de cada processo e o fluxo das etapas como um todo. Juntamente com a dica anterior, conhecer de perto a cadeia produtiva abastece a gerência de dados mais qualificados para que decisões mais inteligentes e fundamentadas sejam feitas.

Por exemplo, com esse diagnóstico completo o gestor tem uma visão concreta e precisa sobre a necessidade de fazer novas contratações, investir em um maquinário que fará a diferença no dia a dia da equipe, entre outras melhorias.

Da mesma maneira, o gestor pode descobrir erros e gargalos que prejudicam as rotinas e limitam lucros, tais como excesso de horas extras ou má distribuição da carga horária dos colaboradores.

Nesse sentido, o mapeamento de processos é fundamental para que os executivos tenham um olhar macro de como funciona a produção e possam identificar problemas com mais facilidade — e, assim, direcionar o foco para soluções.

No final da análise, não deixe de reunir seu time e compartilhar com ele todo o passo a passo dos procedimentos e suas descobertas. Afinal, é relevante também que cada profissional passe a enxergar melhor a organização, sua estrutura e como pode contribuir para o plano de desenvolvimento.

Saiba mais sobre os níveis de produção

No mesmo caminho da esquematização dos processos, seja mais rigoroso na análise de dados e indicadores. Ou seja, procure saber exatamente o que sua empresa precisa produzir, em que quantidade e como.

É crucial que, para aperfeiçoar de fato a gestão de produção, as decisões não sejam tomadas intuitivamente, mas com base em técnicas embasadas. Examinar o histórico dos processos, definir métricas e implementar um ciclo de planejamento, execução e controle bem definido são exemplos de ações indispensáveis.

Ao longo do tempo, a produção pode apresentar variações no volume de demandas e entregas. Compreender como e por que elas acontecem — bem como o que o mercado e os clientes procuram — contribui para um gerenciamento mais adequado dos materiais, serviços e recursos financeiros.

Integre pessoas, setores e processos

Uma gestão de produção excelente não acontece sem a participação direta dos colaboradores. Gerenciar pessoas é sempre um desafio, porém, é indispensável para o sucesso em qualquer empresa, sobretudo na indústria.

Um erro de gestão é acreditar que cada setor deve cuidar de suas atribuições isoladamente, sem perceber que tudo está, na verdade, interligado: a logística precisa trabalhar com o comercial para alinhar as entregas do que foi vendido, assim como o departamento de compras deve saber o precisamente o quanto de insumo deve encomendar do fornecedor para não gerar falta ou desperdício.

Assim, promova uma maior integração entre todos os seus profissionais e capacite-os para que eles saibam cada vez mais sobre mercado e práticas industriais.

Além disso, é uma boa ideia que o gestor tenha papel de liderança mais proativo. No fim das contas, é difícil motivar pessoas e saber o que realmente está acontecendo quando se passa a maior parte do tempo isolado em um escritório.

Sempre que possível, visite as instalações e mostre-se disponível para os operadores. Acompanhe seu trabalho, dê suporte e esteja presente para ouvir suas sugestões e demandas.

Melhore seu layout

Depois de fazer pesquisas profundas sobre o andamento da empresa, considere uma reformulação na forma como os materiais, equipamentos e pessoas estão dispostos nos armazéns, centros de distribuição e demais instalações.

O intuito é que o layout colabore para o dinamismo das tarefas, agilizando etapas e também reforçando a segurança e o bem-estar. Busque se informar melhor sobre máquinas e sistemas de armazenagem que simplificam o escoamento de materiais, por exemplo.

Ter processos bem desenhados é importante, mas uma estrutura otimizada pode contribuir para a conquista de um diferencial competitivo e tornar suas operações mais produtivas e flexíveis. Um arranjo malfeito dos elementos nos ambientes pode causar diversos problemas, como:

Investir em ideias e recursos para potencializar a gestão de produção é um passo determinante para que sua organização tenha mais lucros e ofereça serviços de qualidade elevada. Consequentemente, a empresa ganha destaque no mercado e se mostra mais preparada para atender mais clientes e atingir um patamar superior.

Agora que você conhece ótimas estratégias para melhorar a gestão de produção do seu negócio, saiba como usar indicadores de desempenho e quais são os mais importantes para a logística!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

-
Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter

Receba conteúdos exclusivos e gratuitos sobre Logística e Sistemas de Armazenagem

Obrigado por se inscrever!