layout de armazém

Como um layout de armazém bem desenvolvido impacta nos seus resultados

Independentemente do tamanho, a disposição inteligente dos itens determinará o quanto o espaço de armazenagem pode ser proveitoso. No ramo da logística, os melhores resultados só aparecem quando o layout de armazém, em vez de ser descartado, é visto como oportunidade.

O papel da logística no desenvolvimento de um negócio é de suma importância. Afinal, o bom controle de produtos, estocagem e movimentação inteligente impacta nos prazos.

O sucesso da boa logística é consequência de estratégias bem implementadas, como um bom planejamento e, de fato, foco na organização e controle de processos na armazenagem.

É aí que o papel do layout de armazém se expande. Os ganhos do layout adequado estão ligados à redução de custos e incríveis ganhos de produtividade, uma vez que influencia o trabalho de toda a organização.

O layout deve ser planejado para a redução máxima de longos deslocamentos, focando no melhor aproveitamento do espaço disponível.

Na prática, evitar perdas e atrasos, diminuir acidentes e manter a linha de suplementos em funcionamento podem se revelar como um grande desafio.

Para que você consiga equilibrar as tarefas garantindo um excelente fluxo logístico, explicaremos como ajustes do layout podem gerar grandes economias de tempo e recursos. Acompanhe!

O que é o layout de armazém e sua real importância

O layout de armazém é a forma como as áreas de armazenagem serão distribuídas e organizadas, de forma à otimizar os fluxos de entrada e saída e o máximo aproveitamento do espaço, tanto vertical quanto horizontal.

Como sabemos, a logística não pode se separar da eficiência e do acompanhamento de resultados diretos. As empresas que traçam como meta a expansão de mercado e o aumento do lucro precisam entregar com mais economia e velocidade, sem perder a qualidade.

Nessa premissa, a movimentação de materiais em um galpão logístico fará toda a diferença, assim como a boa disposição de seções, materiais, departamentos e o restante.

Pensar e planejar cada pequeno espaço do armazém é trabalhar em prol da produtividade. Garantir o fluxo logístico perfeito depende de uma consideração adequada da otimização de espaço, movimentação de equipamentos e volume de saída dos itens.

Isso significa que um bom ambiente no armazém tende a garantir mais flexibilidade e menos custos e tempo envolvido nas operações.

Sabemos que, principalmente no caso de produtos frágeis, quanto menos vezes o material for manuseado, menores serão as possibilidades de acidentes. Isso garante a redução de riscos de avarias, outro ótimo ganho baseado no layout planejado.

Um modelo de layout estratégico pode trazer ganhos como:

  • mais itens no mesmo ambiente: organizar o espaço de forma planejada sempre garante estocagem inteligente e limpeza;
  • deslocamento eficiente: a movimentação das pessoas e equipamentos precisa ser objetiva, fluida e segura.
  • maior índices de produtividade: espaço físico organizado reflete no bom desenvolvimento do trabalho das pessoas, gerando eficácia e lógica nos processos.

Como aperfeiçoar o layout de armazém da sua empresa?

Conheça algumas das dicas mais importantes para garantir uma boa gestão de estoque.

Conheça seu espaço para torná-lo eficiente

A primeira coisa a se levar em conta é o cálculo do espaço disponível. Muitas vezes, a desorganização e sujeira impedem que os próprios gestores se deem conta do espaço que têm.

Uma boa análise do espaço de trabalho requer limpeza total. A partir daí, é hora de começar a planejar a logística levando em conta os pontos importantes para otimização do tempo de trabalho e bom armazenamento.

Conservação de materiais e equipamentos, acessibilidade e limitação são características de um layout estratégico e um espaço eficiente.

Organize as áreas com base no giro dos materiais

Um layout de armazém bem pensado é aquele que torna as distâncias favoráveis. Se você conhece a rotina de fluxo do seu estoque, sabe quais itens possuem giro alto ou baixo. Tome isso como base na hora de separar os produtos.

Sua área de expedição deve ser vista como uma área estratégica. Alocar os materiais de baixo giro neste espaço significa perder tempo e praticidade. Opte sempre por diminuir a distância para os itens de boa saída.

Quando o picking dos produtos é bem alinhado, os ganhos na agilidade são incontestáveis. Sendo assim, vale a pena pensar nos mínimos detalhes, como a disponibilidade (que favorece tempo e distância) e a altura (que facilita a identificação).

Respeite as características da sua mercadoria

Manter a integridade das características de cada produto é questão de qualidade. Existem diversos tipos de mercadorias que precisam de cuidados específicos quanto à ventilação, umidade e temperatura na hora da armazenagem.

Alimentos, produtos farmacêuticos, itens tóxicos, gases e cosméticos são exemplos de mercadorias que exigem cuidado especial sobre as condições de peso, espaço etc.

Para isso, é necessário planejar um layout de armazém capaz de suprir as necessidades da sua organização, respeitando as peculiaridades dos produtos.

Separe em grupos

Quando o assunto é logística, minutos são preciosos e horas são inimigas. Pensando nisso, um dos piores cenários para um gestor é perceber o tempo desperdiçado quando não se consegue encontrar itens desejados no estoque.

O armazenamento eficiente é uma das principais vantagens do layout de armazém por impactar diretamente na otimização do tempo. Encontrar o que se procura de forma rápida deve ser a lei do estoque.

Invista na organização do galpão por meio do agrupamentos dos itens. Aloque os materiais próximos aos seus semelhantes. Você pode criar categorias, grupos e subgrupos, além de usar a criatividade para selecionar por tags, cores e todo tipo de sinalização eficiente.

Se os itens recebidos ou expedidos ao mesmo tempo forem armazenados juntos, o processo de entrada e saída dos produtos estocados será mais ágil e produtivo.

O tamanho dos materiais é documento

Um dos principais pontos a ser pensado na hora de planejar o espaço deve ser o tamanho dos materiais.

Áreas pequenas devem ser reservadas para itens pequenos, assim como espaços largos, para itens maiores. Pense sempre em como o espaço poderá ser melhor aproveitado, evitando o desperdício.

Quando o volume das mercadorias é tratado como característica decisiva, o impacto na organização do espaço é estimado de maneira positiva, neste quesito é indispensável que se considere a verticalização do estoque. Calcule os tipos de compartimentos que serão usados e considere a disposição de todos os elementos.

Gostou de saber o papel do layout de armazém na gestão do seu estoque? Então se inscreva em nossa newsletter para receber mais dicas sobre como manter o controle dos investimentos feitos em logística e armazenagem para sua empresa.

INSCREVA-SE EM NOSSA NEWSLETTER:

Obrigado por se inscrever!

newsletter blog da longa industrial

Inscreva-se em nossa Newsletter!

Receba nossos conteúdos por e-mail.

Seja bem-vindo à nossa newsletter!