Logística no varejo digital: 6 boas práticas que devem ser feitas

logística no varejo digital
6 minutos para ler

De acordo com pesquisas recentes, o mercado varejista, em especial as lojas virtuais, é um setor que apresentou constante crescimento nos últimos anos. Apesar disso, o número de negócios que também fecham prematuramente é bem significativo e, na maioria dos casos, as causas são associadas à falta de planejamento e conhecimento da logística no varejo.

Por isso, se você tem um negócio ou pretende iniciar um novo projeto, preste atenção nas dicas e informações que trouxemos neste post e tome nota de tudo para conseguir crescer e atender seu mercado sem dificuldades ou riscos. Boa leitura!

Qual a relação da logística no varejo digital? 

Como se sabe, a logística sempre foi considerada uma atividade fundamental para o funcionamento de qualquer empresa, tanto para o setor industrial como para o varejo.

No entanto, hoje, ela é enxergada muito além de uma atividade operacional, mas também como parte essencial da estratégia do negócio, se tornando, inclusive, um dos principais diferenciais de uma organização. Quando falamos sobre o varejo então, não é nem um pouco difícil encontrar exemplos práticos dessa estratégia.

Se pegarmos grandes corporações como o Walmart e Amazon, veremos que opções de Same-day Delivery ou entrega antecipada (quando o pedido já é carregado no caminhão antes mesmo de o cliente concluir a compra no site) já são realidades incontornáveis e, a cada dia, novas ferramentas e inovações surgem nessa área.

Mas se há tanto avanço e tecnologia na logística no varejo, por que muitas empresas ainda têm dificuldades de sobreviver nesse mercado? Há diversas repostas para isso. Podemos ressaltar que um erro muito comum é enxergar a logística apenas como transporte e esquecer de toda estrutura necessária por trás, como processos, sistemas, armazenagem e uma boa gestão. 

Por isso, a seguir, separamos algumas boas práticas logísticas que são essenciais para o sucesso de todo varejista. Continue a leitura e confira! 

Quais as práticas indispensáveis na logística no varejo? 

1. Explore modais alternativos de transportes 

Sabemos que a logística no Brasil se concentra no modal rodoviário, tendo em vista a falta de infraestrutura de ferrovias, portos e o alto custo das entregas aéreas. Apesar desse cenário, o varejo já conta com alternativas bem interessantes, modernas, práticas e de excelente custo-benefício.  

Por exemplo, existem aplicativos de entregas de bicicleta, motoboys e até carros particulares, que até pouco tempo eram impensáveis. Além de serem práticas e seguras, essas opções costumam não ter vínculos empregatícios, contratos complicados, tabelas de preço fixo, entre outras burocracias e custos que sempre foram uma verdadeira pedra no sapato dos varejistas.

Portanto, pesquise bem, coloque os valores na ponta do lápis e compare com o seu modelo de entrega atual e veja se não vale a pena mudar! 

2. Invista em tecnologia 

Hoje, a tecnologia está presente em todos os setores da logística e os benefícios, tanto para a operação como para a gestão, são incalculáveis. Por exemplo, contar com um rastreador de entregas em tempo real e acessível para o uso do cliente já evita buscas por telefones, centrais de atendimento gigantescas e desgastes comerciais, concorda? 

Um sistema WMS para o seu armazém também é outro exemplo de como a tecnologia se faz necessária dentro da logística no varejo. O software permite cadastrar os dados de cada produto, localizá-los nas prateleiras por meio de código de barras e otimizar o carregamento. 

Por fim, a tecnologia não se faz presente somente nos softwares, mas também em sistemas operacionais da logística, como carros automáticos para armazéns, elevadores de carga e esteiras inteligentes para o picking.  

3. Otimize seu armazém

Lembra que citamos os exemplos de Same-day delivery ou o de entrega antecipada da Amazon? Pois bem! Não pense que seguir esses modelos só depende de uma transportadora eficiente e de sistemas inteligentes. 

Afinal, para o sucesso dessas estratégias, é fundamental contar com um estoque organizado e bem estruturado. Independentemente do tamanho ou segmento de sua empresa, existem soluções extremamente práticas e flexíveis para otimizar o seu armazém.

Imagine, por exemplo, receber um pedido, ter o produto em estoque, mas atrasar só porque não conta com um sistema de picking organizado e adequado ao seu tipo de negócio?

4. Verticalize seu estoque 

Quase como um complemento do tópico acima, a verticalização do estoque é uma estratégia de muitos benefícios e, muitas vezes, desconhecida da logística no varejo.

Hoje, é possível contar com mezaninos leves e adaptáveis, porta-pallets, push back, entre outros tipos de estruturas específicas para armazéns, que permitem otimizar o espaço e seus processos, sem a necessidade de grandes investimentos com obras ou novos aluguéis.

No mesmo local, é possível alterar o layout com essas estruturas e aumentar sua capacidade e produtividade. 

5. Realize uma boa gestão de estoque 

Após investir na infraestrutura e modernizar seu armazém, é fundamental realizar uma gestão eficiente de seus estoques e processos. Há sistemas específicos para isso que ajudam a controlar as movimentações, gerar relatórios e analisar dados e informações.

Além disso, práticas básicas como realizar inventários frequentes e trabalhar com KPIs são indispensáveis e complementam ainda mais a gestão logística. 

6. Preze pela segurança de seus produtos 

Não é só o transportador que deve cuidar da segurança do produto. Dentro do próprio estoque, é fundamental prezar pela integridade e conservação dos itens. Isso depende de uma série de fatores, como temperatura, embalagens, processos de armazenamento, entre outros.  

No entanto, isso também pode ser reforçado por meio de cuidados como limpeza frequente dos ambientes e das prateleiras, manuseio correto do operador e equipamentos resistentes, como pallets de aço.

Por fim, não há dúvidas de que o mercado varejista é muito lucrativo e conta com um leque de opções para inovações e diferenciais. No entanto, é fundamental otimizar todas as operações da logística no varejo, muito além de focar apenas no transporte. Portanto, modernize o seu depósito, capacite os seus operadores e invista em tecnologia! 

Gostou das boas práticas de logística no varejo que listamos acima? Então, aproveita a sua visita e leia também nosso artigo sobre Drive-In e Drive-Thru e seus impactos na armazenagem de sua empresa!

Powered by Rock Convert
ebook - logística empresarial guia completoPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-