uso do mezanino para ampliação de espaço

Mezanino Industrial: o que é, vantagens e benefícios

O mezanino industrial é uma solução já conhecida por muitas empresas e profissionais, capaz de ampliar a área útil de um ambiente ou armazém de forma prática e econômica. 

A verticalização é um excelente recurso para aproveitar ao máximo o espaço disponível e evitar a necessidade de ter que migrar para uma área maior — ou alugar outra área, por exemplo. É aí que surge a ideia do sistema de armazenagem mezanino.

No artigo de hoje, explicaremos o conceito, como funciona, as vantagens e os cuidados que devem ser tomados ao escolher essa estrutura. Continue acompanhando a leitura e saiba mais sobre o assunto!

O que é e como funciona o sistema de armazenagem mezanino?

A palavra tem origem no italiano e está relacionada à criação de um andar intermediário entre o térreo e o teto de uma construção, com o acesso feito por uma escada. Os mezaninos já são planejados pensando na segurança de quem vai utilizá-los e, portanto, vêm acompanhados de corrimão e um guarda-corpo.

Visualmente falando, um mezanino se parece com uma varanda ou sacada, mas localizada do lado de dentro da edificação. No que diz respeito ao sistema de armazenagem, ele é utilizado para ampliar a área útil do estoque, se mostrando uma solução de baixo custo.

O mezanino é destinado à armazenagem de matérias-primas, insumos, produtos acabados e embalagens, mas também pode ser aproveitado para a instalação de um escritório administrativo, permitindo que os colaboradores e gestores consigam acompanhar as movimentações.

Quais vantagens ele proporciona?

O investimento em um sistema de armazenagem mezanino proporciona diversos benefícios para as empresas. Nos tópicos a seguir, explicaremos os principais deles.

Ampliação da área útil

Com essa ação, as empresas conseguem duplicar ou até mesmo triplicar as superfícies que podem ser utilizadas. Portanto, pode-se dizer que é um excelente recurso para tornar as operações escaláveis, sem que, para isso, seja necessário aumentar os custos fixos (como o aluguel de um armazém maior).

Estrutura altamente personalizável

O mezanino é projetado de acordo com as necessidades operacionais de cada cliente. Ainda assim, caso haja alguma mudança, ele pode ser adaptado facilmente — permitindo reduzir, ampliar e reutilizar a estrutura.

Possibilidade de ser combinado com outros sistemas de armazenagem

O investimento no mezanino não invalida ou exclui a possibilidade de utilizar outros sistemas combinados. Falaremos mais sobre eles adiante.

Fácil implementação

O processo de instalação do mezanino é bem simples e ágil, ponto que favorece a produtividade e permite que a operação seja colocada em prática sem que seja necessário aguardar um longo espaço de tempo.

Longa durabilidade

O mezanino dura por muitos anos, visto que normalmente é feito com estrutura metálica — sendo mais resistente a impactos, peso e outras condições adversas.

Otimização dos custos operacionais

O objetivo de muitos gestores é fazer com que a empresa cresça e aumente os resultados em vendas. Isso significa necessidade de mais estoques, e, consequentemente, a demanda por espaço também aumenta.

Se a edificação tem um pé-direito alto, é possível investir no mezanino e, com isso, ter mais um ou dois andares disponíveis para armazenagem. Assim, o custo de aluguel da estrutura permanece o mesmo, ao mesmo tempo em que o volume de movimentações aumenta.

Além de otimizar os custos da operação, o ROI (Retorno sobre Investimento) dessa estratégia é altamente compensatório, visto que o gasto para montar o mezanino é bem inferior ao de contratar um espaço maior ou ter que mudar o armazém de local, por exemplo.

Quais são as boas práticas para o uso dessa estrutura?

Apesar de todos os benefícios que podem ser alcançados, existem alguns cuidados que precisam de atenção na hora de implementar o mezanino na empresa. Saiba quais são eles a seguir.

Materiais resistentes

O ideal é escolher sempre materiais mais resistentes e que, de preferência, sejam à prova de fogo. Usar madeira, por exemplo, não é recomendado, já que ela pode não aguentar mais peso e não é resistente a pragas, fogo e também umidade. A durabilidade que essas estruturas oferecem é, portanto, menor que a do mezanino constituído de metal.

Escolha de um fornecedor confiável

Antes de escolher um fornecedor da estrutura, faça uma pesquisa com as empresas disponíveis no mercado. Analise a confiabilidade e a reputação. Essa é uma forma de se prevenir de problemas futuros.

Conhecimento do piso sobre o qual a estrutura será implementada

Antes de mais nada, saiba qual é o piso utilizado no armazém. Isso é fundamental para entender se ele suporta o peso da estrutura somado ao peso das mercadorias estocadas. Caso contrário, é possível que a infraestrutura da edificação não aguente a instalação.

É possível combinar o mezanino com outros sistemas de armazenagem?

Como dito, o mezanino pode ser combinado com outros sistemas de armazenagem. A seguir, listamos os principais deles.

Racks

São estruturas metálicas geralmente utilizadas para otimizar o espaço dentro do armazém. Também são um meio de verticalizar a estrutura, possibilitando a estocagem de mais itens, ao mesmo tempo em que se aproveita melhor o espaço disponível. São destinados ao armazenamento de paletes com mercadorias.

Carrossel

Um carrossel é formado por estantes com prateleiras que deslizam de forma horizontal entre as estações de trabalho. Pode ser utilizado por empresas de vários segmentos, visto que é flexível e possibilita o armazenamento de diversos tipos de itens, desde caixas até roupas.

As principais vantagens desse sistema são:

  • fácil instalação;
  • redução de custos com a substituição dos equipamentos usados para a movimentação dos materiais.

Porta-paletes

São estruturas de aço que também se destinam à verticalização do armazém, para melhor aproveitamento do espaço. Como o próprio nome diz, são destinados ao estoque de mercadorias paletizadas.

As estruturas são unitizadas, facilitando a movimentação dos itens — haja vista que outras cargas não precisam ser movidas para as operações. Porém, é necessário utilizar empilhadeiras para que as locações mais altas sejam alcançadas.

Flow rack

Por fim, o flow rack é um sistema de armazenamento feito de metal cujas prateleiras são organizadas de forma inclinada, facilitando o deslizamento das caixas. É destinado ao estoque de miudezas, itens leves ou de alto valor agregado (restringindo a entrada de pessoas e a liberação dos materiais).

As principais vantagens são:

  • possibilidade de armazenar mais de uma caixa por unidade;
  • facilidade na reposição dos itens (as caixas retiradas na frente são imediatamente substituídas pelas de trás).

Como se vê, o mezanino é uma excelente opção para empresas que necessitam otimizar o uso do espaço dentro do armazém, liberando mais localizações. Além disso, pode ser aliado aos outros sistemas de armazenamento para potencializar as operações e aprimorar os resultados.

O que achou deste artigo? Quer continuar acompanhando os conteúdos postados aqui no blog? Então curta a nossa página no Facebook e fique por dentro das atualizações!

Sem comentários

Cancelar