seleção de fornecedores logísticos

Entenda como deve ser feita a seleção de fornecedores logísticos

Toda cadeia de suprimentos deve abranger uma boa gestão, métodos e processos eficientes, equipamentos adequados e tecnologia de ponta para ser considerada eficaz.

Certamente, hoje em dia, muitas dessas atividades podem — e devem — ser terceirizadas, facilitando o trabalho das equipes e contribuindo com a otimização dos serviços e a redução de custos. Portanto, fazer a seleção de fornecedores logísticos de forma consciente é fundamental para o sucesso de sua empresa.

Pensando nisso, preparamos uma lista com alguns fatores importantes que devem ser levados em consideração na hora de escolher seu parceiro. Quer conferir? Então, continue a leitura e tome nota das dicas abaixo! Vamos lá!

Qual a importância de fazer uma seleção de fornecedores logísticos?

Quem trabalha com logística, independentemente do segmento, sabe que o setor envolve custos altos e atividades delicadas, por isso, qualquer falha de gestão pode pesar no bolso da empresa ou gerar insatisfação no cliente.

Por isso, a seleção de fornecedores logísticos não pode ser feita de qualquer jeito, afinal, esses parceiros serão responsáveis por importantes processos dentro de seu armazém ou transportadora.

No entanto, hoje, o que mais existe no mercado são fornecedores oferecendo soluções diversas a preços variados. A princípio, esse cenário amplo de opções parece ser ideal para a sua empresa escolher o parceiro perfeito. Porém, por outro lado, ele pode propiciar erros graves.

Afinal, fazer a seleção de fornecedores logísticos de forma errada pode ser um verdadeiro tiro no pé e acarretar custos e problemas na sua gestão.

Como fazer uma boa seleção de fornecedores logísticos?

Depois de compreender a importância de buscar parceiros ideais e não se orientar apenas pela primeira opção que aparece, é hora de conhecer alguns fatores importantes para fazer a sua seleção.

Dentre essa enorme oferta de serviços do mercado, cabe ao gestor analisar e avaliar, a fundo, cada tipo de fornecedor e as soluções propostas. Sendo assim, confira as nossas dicas abaixo e lembre-se de se guiar por elas.

Coloque no papel os custos e os ganhos com o fornecedor

O primeiro passo para uma boa seleção de fornecedores logísticos é avaliar o quanto isso custa e, principalmente, o quanto isso vai gerar para o seu negócio. Sendo assim, esse processo precisa ser visto como uma forma de investimento, concorda?

Imagine, por exemplo, que seu armazém tenha custos excessivos, devido a falhas na operação de movimentação do estoque. Após uma avaliação rigorosa dos gestores, chega-se à conclusão de que um sistema de armazenamento seria a solução para o problema. Certamente, um carro satélite, um shuttle ou mesmo um transelevador demandaria um investimento para a empresa.

No entanto, o que deve ser levado em consideração, nesse caso, não é o valor de tais equipamentos, mas sim o que eles gerariam de lucro e de redução de custos dentro de seu armazém.

Afinal, eles proporcionariam a otimização do tempo operacional, evitariam danos e acidentes e garantiriam um maior volume de armazenagem. Resumindo, melhorariam a operação como um todo e, consequentemente, gerariam vantagens e benefícios financeiros.

Portanto, no quesito “valor”, o mais importante não é considerar preços, mas o custo-benefício proporcionado pelo fornecedor. Sendo assim, coloque no papel suas necessidades e quanto as soluções ofertadas podem gerar para seu negócio.

Leve em consideração a história do fornecedor

Em quem você mais confiaria a gestão logística de sua empresa: a um parceiro de 1 ano ou a outro de 50 anos de experiência? Tudo bem que organizações novas podem ser igualmente competentes, mas sem dúvidas, o tempo de existência, somado ao reconhecimento do mercado, pesa muito mais para o lado dos fornecedores mais experientes.

Esse é um dos fatores mais importantes na hora de fazer a seleção de fornecedores logísticos. Afinal, é um grande diferencial para ajudar em sua escolha. Portanto, no momento de sua pesquisa, não se esqueça de analisar a história e as conquistas da empresa avaliada.

Avalie a credibilidade do fornecedor

Não basta apenas contar com anos de experiência! A trajetória da empresa deve fazer jus ao seu tempo de existência. Esse fator também é fundamental na hora da seleção de fornecedores logísticos, pois, por meio dele, você consegue conhecer a credibilidade dos serviços e das soluções.

Busque pesquisar quem são os principais clientes do fornecedor. A partir daí, já é possível avaliar a qualidade e o reconhecimento dele. Por exemplo, uma empresa que presta serviços logísticos para grandes marcas e organizações de renome já ganha pontos positivos para a sua seleção, concorda?

Além disso, você pode pesquisar pelas avaliações da empresa na internet ou, até mesmo, procurar por referências de algum cliente.

Confira as especializações do fornecedor

Uma dica importante para a seleção de fornecedores logísticos é conferir suas especializações. Sinceramente, empresas que oferecem soluções para setores diversos devem ser vistas com mais cautela. Um único parceiro que propõe serviços para gestão de frotas, transporte, financeiro, armazenagem, oficina, RH e outras áreas, tudo junto, dificilmente oferecerá a mesma qualidade que um fornecedor especializado em determinado setor.

Por exemplo, se sua necessidade é comprar pallets de aço ou racks metálicos, vá direto ao ponto e negocie com um fornecedor específico. O mesmo vale para qualquer outro produto ou serviço. Sem dúvidas, isso possibilita compras mais acertadas, produtos de melhor qualidade, preços mais vantajosos e atendimento mais personalizado.

Avalie a flexibilidade do fornecedor

Cada empresa tem suas características e especificidades. Cabe ao bom fornecedor se flexibilizar e atender a essas necessidades. Portanto, ao fazer sua seleção, converse com o vendedor, conheça a sua planta, estude seus produtos e soluções e tente enxergá-los dentro de suas operações.

Convide também o fornecedor para conhecer seu armazém e um pouco de seus processos. Só assim será possível encontrar a solução perfeita e, até mesmo, personalizada para o seu negócio.

Enfim, essas foram algumas dicas de como fazer uma boa seleção de fornecedores logísticos e sua real importância dentro da empresa. Falar de logística sem considerar a terceirização de determinados serviços e produtos é não aproveitar as vantagens que uma parceria desse tipo pode proporcionar ao seu negócio.

Por fim, vale ressaltar que o papel do fornecedor é de apresentar soluções e promover benefícios ao cliente. Portanto, leve sempre em consideração o custo-benefício dessa parceria e não somente os preços dos serviços e produtos.

Gostou do post? Precisando fazer uma seleção de fornecedores logísticos que atenda todos os requisitos acima? Então, entre em contato conosco e conheça as nossas soluções.

Sem comentários

Cancelar