Drive-in e Drive-thru: impactos na armazenagem de sua empresa

sistema drive-in e drive-thru
6 minutos para ler

A utilização de um sistema Drive-in e Drive-thru na empresa ajuda a otimizar as rotinas de armazenagem, trazendo diversas vantagens. Apesar de serem dois conceitos distintos, são poucas as diferenças entre eles.

Neste artigo, vamos explicar como cada um funciona, quando devem ser implantados e que impactos eles geram na gestão de estoques. Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue com a leitura e confira!

O que é sistema Drive-in e Drive-thru

Os funcionamentos do sistema Drive-in e Drive-thru ocorrem de formas semelhantes, com a mesma estrutura empregada. Em ambos os casos, as empilhadeiras se movimentam dentro dessa estrutura para realizar a movimentação dos itens. Nos próximos tópicos, vamos falar melhor sobre eles.

Drive-in

sistema drive-in de armazenagem
SISTEMA LIFO

O sistema drive-in consiste no uso de estantes metálicas formando um corredor, com barras para suporte dos paletes. Nesse caso, geralmente é utilizado apenas um corredor de acesso, e é nele que ocorrem as operações de carga e descarga.

A ideia é aproveitar melhor o espaço, o que pode ser feito por meio da diminuição das larguras entre os corredores. As movimentações são realizadas do mesmo lado da estrutura, por meio do sistema LIFO (Last in, first out — o último a entrar é o primeiro a sair).

Drive-thru

sistema drive-thru de armazenagem
SISTEMA FIFO

Já no caso do sistema drive-thru, utiliza-se uma empilhadeira que tem acesso aos dois lados da estante porta-palete, ou seja, existem dois corredores (um de entrada e outro de saída).

Enquanto no drive-in utiliza-se o sistema LIFO, aqui, a operação se dá pelo FIFO (first in, first out — o primeiro que entra é o primeiro que sai), já que as cargas são armazenadas por um lado e retiradas pelo outro.

Essa estratégia é especialmente importante quando se trata de produtos com data de validade para expirar, uma vez que o mais antigo sempre será o primeiro a sair do estoque.

Os impactos sobre a armazenagem de produtos

A utilização do sistema drive-in e drive-thru pode proporcionar diversas vantagens para uma rotina de armazenagem de produtos. Entre as principais, podemos citar:

  • tem a capacidade de armazenamento ampliada (em relação a um porta-palete), já que ocupa metade do espaço, com um número maior de posições;
  • evita possíveis avarias e perdas (como o esmagamento acidental e quedas), uma vez que as cargas não são alocadas de forma sobreposta;
  • é ideal para altas densidades de armazenamento;
  • não demanda a utilização de equipamentos especiais (a empilhadeira comum pode ser utilizada, bastando poucas adaptações para a proteção do operador);
  • contribuem para a verticalização do estoque, melhorando o aproveitamento do espaço.

Como e quando implementar o sistema de drive-in e drive-thru

A implementação dessas estruturas é ideal para produtos com baixo giro (ou seja, pouca saída) e mais homogêneos. Isso se dá pelo fato de que essas estruturas provocam a diminuição na velocidade dos processos de armazenagem e movimentação dos itens.

ebook - logística empresarial guia completoPowered by Rock Convert

Isso quer dizer que, ao optar por esses sistemas, será necessário pensar em um trade-off: perde-se em agilidade, mas se ganha em espaço. Assim sendo, se o objetivo na sua empresa é aumentar os níveis de estoque e a velocidade da operação não é um fator crucial, as estruturas podem ser a solução ideal.

Em resumo, esse sistema é indicado para empresas que precisam armazenar grandes quantidades de um mesmo SKU, e isso vale tanto para cargas secas quanto para as congeladas e resfriadas.

Ainda assim, se realizado um bom planejamento das operações, empresas de varejo também podem se beneficiar desse sistema. O ponto de partida para que isso seja possível é adotar a criação de lotes para os produtos de mesmo SKU.

Como implementar

Antes de mais nada, é necessário fazer um levantamento da análise do fluxo dos produtos, a quantidade de SKUs utilizada, o tipo de operação ideal para a empresa e as mercadorias (FIFO ou LIFO), o dimensionamento da área e da carga, análise de peso dos produtos e a preparação do piso.

Com base nesses dados, fica mais fácil fazer um planejamento e identificar a possibilidade de se adotar esse tipo de sistema e qual deles é o mais adequado de acordo com as características da movimentação. A partir daí, realiza-se o desenvolvimento de um projeto de engenharia, a aquisição da estrutura e se inicia a parte prática de montagem e implementação.

Como otimizar a armazenagem de produtos

Com base nas características e especificidades da operação, já é possível definir a possibilidade de utilizar o sistema drive-in e drive-thru. A decisão de implantar essa estrutura já contribui para otimizar a armazenagem dos produtos, uma vez que contribui para a verticalização e o aumento da capacidade de estocar os itens em um espaço menor.

Na rotina, as melhorias vão sendo identificadas com base nos resultados. Ao longo do tempo, podem ser feitos ajustes no processo pela observação do giro dos produtos, as ineficiências e as principais falhas que prejudicam a performance do setor, por exemplo.

Assim, fica mais fácil identificar a necessidade de mudar a estratégia criada para a armazenagem e as movimentações, adotar novas estruturas ou até mesmo criar fluxos de trabalho mais eficientes.

Como os sistemas contribuem para a redução de custos

Sistemas Drive-in e Drive-thru são um excelente investimento para empresas que buscam verticalizar o estoque e aumentar consideravelmente a capacidade de armazenamento — o que pode ser feito tanto para produtos com o giro mais baixo quanto para itens que possam ser alocados em lote. A relação custo-benefício é satisfatória, o que inclui a diminuição dos dispêndios com as operações de estoque.

Além disso, também podemos citar a diminuição da necessidade de espaço para o armazenamento de um volume maior de itens e o custo de manutenção (que não é alto).

O que achou do artigo? Quer saber melhor como elas podem se adequar às suas operações? Então, entre em contato conosco agora mesmo e fale com um de nossos especialistas!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-